domingo, 2 de abril de 2006

RESUMO DO JOGO

GDR "Os Pantufas" 2 vs RC Vale Cavala 3

O jogo mais esperado da jornada, esta partida realizada no pavilhão de Stº António (Barreiro), com uma assistência razoável, foi jogado com excelente Fair Play por ambas as equipas.
Pela atitude da equipa da casa, cedo se percebeu que seria um jogo muito táctico pois o Pantufas, candidatíssimo á subida, não assumiu o estatuto e colocou-se na quadra de jogo, com grandes cuidados defensivos, respeitando muito o adversário, fez um jogo de paciência, esperando sempre pelo erro do adversário para fazer golo. Erro esse que surgiu por volta dos 8 minutos, com a perda da bola por parte de um jogador do RCVC, e isolado perante o Guarda redes Tiago, o jogador Káká inaugurou o marcador.
A partir desse momento, tudo mudou, a equipa do RCVC mudou a sua postura em campo alterando o sistema de jogo com que tinha iniciado e passou a dominar por completo a partida, tendo a equipa da casa jogado em contra-ataque. O risco assumido valeu a pena e viria a ser recompensado pelo golo marcado a 3 minutos do fim da 1ª parte através de um pequeno encosto ao 2º poste atrávés de Tó, pivot do RC Vale Cavala. O resultado ao intervalo era mais que justo, pois o futsal de excelente nivel táctico praticado, não daria margem para a conclusão de mais golos.
No início do 2º tempo, o GDR Pantufas pautou pela mesma postura, não arriscando, actuando da mesma forma sempre á espera do erro. A equipa visitante jogando desinibida, faria uma boa 2ª parte, controlando todos os movimentos do adversário que não conseguia criar oportunidades de golo. E assim sem surpresas em joga de insistência, o RCVC adiantou-se no marcador através de uma recarga depois de uma intervenção infeliz do Guarda Redes Carmelo defendendo para a frente. Controlando sempre o adversário a equipa do Real Clube Vale Cavala ia jogando a seu belo prazer, e a cinco minutos do final o Técnico Paulinho faz entrar o Guarda Redes avançado e empatou a partida dois minutos depois. Estranhamente voltou a retirar o mesmo jogador e então o RCVC arregaçou as mangas e apoiado pela excelente união do grupo voltou a comandar o marcador marcando o 3º golo a 1.40 minutos do final, jogando depois com o cronómetro a EXPERIENTE EQUIPA DA CHARNECA DA CAPARICA (CONCELHO DE ALMADA), saíu vencedora desta excelente partida.
As ultimas palavras vão para os guerreiros do RCVC que com o espirito que os caracteriza lutam até ao ultimo segundo para sairem vitoriosos.
Grande espirito de união, grande lição de humildade, grande partida de futsal, A VITÓRIA É TOTALMENTE VOSSA!!
BRAVO GUERREIROS!!
António Amaral

1 comentário:

Vitor Paquete disse...

Humildade,união,ambição,concentração,querer,vontade de vencer,dignidade.
"Nascemos com o que DEUS nos dá e morremos com o que merecemos".
Nada se consegue sem trabalho.

Vitor Paquete